V – As Pontas de Metal

Foram usadas para escritura desde a Antiguidade Romana. Plínio indica que as linhas traçadas com a ponta de prata são negras e nada mais, além disso. As mesmas pontas de metal foram desde o período Giottesco os únicos “lápis” que os artistas tiveram nas mãos. Durante o século XVI, deixa de ser utilizada pouco a pouco, até que sua técnica caia em desuso, quando ela começa a ser substituída pelas pedras de desenho.
Saberíamos muito pouco sobre elas se Cennino Cennini não tivesse escrito sobre ela em seu livro e Joseph Meder não a tivesse citado em sua obra capital.
Pontas de Prata e chumbo foram de uso corrente, mas sabe-se também que ouro e cobre foram metais utilizados. O uso dos vários metais se explica pelos diferentes tons de cinzas acastanhados que suas oxidações provocam sobre o fundo preparado dos papéis.

Filippino Lippi (c.1457- 1504)
Jovem em pé com mãos atrás do corpo e jovem sentado lendo
ponta de metal, com realces em guache brancosobre papel rosa preparado
245×215 mm
imagem produzida entre o final da década de 1470 e início dos anos 1480
Metropolitan Museum

continuar

voltar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s